FAQ

O que fazer com baterias usadas?

Segundo a lei Nº 257 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), o fabricante passou a ser obrigado a proceder à coleta das baterias de chumbo-ácido esgotadas ou inservíveis, com o intuito de dar uma destinação ambiental adequada a esses produtos. Constatado o esgotamento da bateria, o usuário deverá entregá-la em qualquer estabelecimento em que o produto é comercializado ou então, nà rede de assistência técnica autorizada pelo fabricante, sendo todos obrigados a aceitá-la, independentemente de terem ou não comercializado a bateria em questão. Assim, perante a legislação atual, os comerciantes são obrigados a recolher as baterias com capacidade de consumo esgotadas ou inservíveis, com o propósitos único de encaminha-las ao fabricante. A APS Nobreaks respeita esta lei e assim contribui com o meio ambiente, contribua você também.

Posso ligar impressora a laser no nobreak?

Não é aconselhado ligar impressoras a laser, scanners ou copiadoras em qualquer nobreak, pois esse tipo de equipamento tem uma drenagem muito alta de energia e isso acaba queimando o nobreak. Hoje em dia existem aparelhos específicos para estes equipamentos, a SMS lançou o Progressive Laser III, que é um estabilizador próprio para impressoras a laser. A APS Nobreaks comercializa este modelo. Entre em contato conosco e solicite um orçamento.

O que é autonomia do nobreak?

Quando acaba a energia, os nobreaks utilizam as baterias como fonte de energia por um período, este período é a Autonomia do Nobreak, que na maioria dos modelos podem ser alteradas conforme a necessidade, modificando ou acrescentado baterias.

Quando devo trocar a bateria do nobreak?

Quando ele esta com a autonomia baixa, ou seja, quando a bateria está com a vida útil excedida. A solução é troca-lá, porém pode haver ainda outros defeitos, que se não verificados e reparados, a troca da bateria não é a solução completa. A calibração de parâmetros da placa de controle também é fundamental, pois ao passar do tempo, com o desgaste natural, os componentes mudam o comportamento e precisam ser calibrados. Alguns nobreaks são calibrados manualmente no hardware e alguns via software de manutenção, que só assistência técnica credenciada possui. Além de limpeza e reapertos que devem ser efetuados, onde corre o risco de pessoas não familiarizadas levarem choque elétrico ou danificar componentes, pois mesmo desligado o nobreak ainda apresenta níveis de tensão.

Quanto tempo dura uma bateria?

As baterias usadas em Nobreaks são projetadas para durar aproximadamente cinco anos para as selada e quatro anos para as estacionárias, porém seguindo condições de uso estabelecidas pelo fabricante, as principais são: Temperatura ambiente de 25°C; descargas de até 20% da capacidade máxima da bateria; quantidade máxima de ciclos de descarga/recarga; carregamento correto. Internamente os nobreaks possuem peças e componentes que dissipam calor, o transformador, por exemplo, se usado em sua potência máxima pode chegar aos 90°C. A descarga que é aplicada na bateria quando acaba a energia costuma ser sempre acima dos 20% de sua capacidade máxima e não faz sentido colocar um nobreak onde não existe falta de energia, que causa ciclos de descarga/recarga. Não são todos os modelos que possuem um carregador de baterias ideal. Resumindo os nobreaks não oferecem condições favoráveis a vida útil das baterias. Na maioria dos modelos de nobreaks da linha Interativa (offline) ocorrem todas as situações acima e para agravar ainda mais as situação, não costumam estar instalados em ambiente com temperatura controlada. A vida útil da bateria costuma ser em por volta de um ano e meio à dois anos. Em modelos dupla conversão (online), de uso profissional, as condições de uso são melhores. Muitos modelos possuem módulo de baterias externo, evitando absorver o aquecimento e os que possuem baterias internas, possuem ventilação forçada em ambiente com temperatura controlada. O carregador é bem projetado, porém os níveis de descargas acima de 20% e de ciclos são inevitáveis. A vida útil varia de três anos a três anos e meio. A utilização de baterias não respeitando os prazos acima pode causar vazamento de gases ou eletrólito, explosão e danificar circuitos e o gabinete do nobreak. Os gases liberados por baterias em caso de defeito são prejudiciais a saúde humana.

 

Ainda tem alguma duvida? Pergunte-nos aqui em baixo

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS